Posts

O Papel dos candidatos nas entrevistas para alcançar o topo da lista.

Dentre os motivos de aflição dos candidatos a vagas de emprego, sem dúvida, as entrevistas presenciais são as mais angustiantes. A ansiedade, insegurança e muitas vezes a falta de preparo tornam a vida dos candidatos mais complicada. Então, qual a conduta adequada? Como devemos nos comportar diante de nosso entrevistador? Como aproveitar ao máximo este momento e aumentar nossas chances de conseguir a vaga?

Desmembrando o Processo Seletivo

Vamos começar desmembrando de maneira básica o processo seletivo de um profissional de nível médio a executivo. Em linhas gerais, o processo segue três passos:

  1. Triagem de currículos;
  2. Entrevista com profissional de RH;
  3. Entrevista com o Gestor;

Lembrando, obviamente, que o processo pode variar em suas etapas, conforme a empresa ou o cargo a ser preenchido.

Primeiramente, para chegarmos à etapa das entrevistas, é muito importante elaborarmos um bom currículo, pois ele é nosso cartão de visitas e o principal responsável por chamar a atenção do RH das empresas. Além disso, nunca devemos “panfletar currículo”. O ideal é selecionar as vagas que estejam alinhadas ao nosso perfil profissional e interesses pessoais.

Ao sermos chamados para uma entrevista, o primeiro passo importante é buscar informações sobre o entrevistador. Será alguém do RH? Será o Gestor da vaga? Qual o seu cargo? Redes sociais podem ser úteis para fazermos o levantamento dessas informações. Em algumas situações, podemos até pular etapas, buscando fazer abordagens diretas aos gestores antes mesmo de interagir com o RH, mas isto requer um pouco mais de cuidado e é recomendado apenas para vagas de nível executivo.

O convencional é que a primeira conversa seja com um profissional de recrutamento e seleção, pois este é responsável por fazer a peneira, passando para o gestor os melhores candidatos. Leia mais