Conversando sobre Grafologia

A Grafologia analisa, estuda e interpreta a personalidade e o temperamento das pessoas com o objetivo de identificar as suas qualidades, seus potenciais e, desenvolver ou reorganizar competências.

Os aspectos circunstanciais que envolvem a pessoa analisada e, principalmente, o objetivo a ser alcançado com o perfil devem ser considerados.

Muito embora a Grafologia seja uma ferramenta estudada e utilizada há séculos, a maioria das pessoas acredita que ela surgiu há poucos anos. Cito a seguir alguns de seus marcos:

Alguns destaques no histórico da Grafologia:

Aristóteles (384 – 322 AC), Demétrio de Faléreo (309 AC), Dionísio (100 AC) e o poeta

Menandro relacionavam a escrita com o caráter de maneira meramente intuitiva;

Camillo Baldi escreveu o primeiro livro de Grafologia em 1622;

Hans Busse fundou, em 1897, uma sociedade dedicada à pesquisa grafológica;

No Laboratório de Psicologia do Hospital Henri Roussele, foram criadas por Hélene de

Gobineau e Roger Perron, as bases da grafometria (quantificação da Grafologia através de métodos estatísticos);

Foi criada, em 1979, a SOBRAG (www.sobrag.com.br)

Atualmente as empresas utilizam-se crescentemente da Grafologia visando a avaliação de potencial /competências, uma vez que a Grafologia permite identificar nos colaboradores as competências comportamentais para o plano de desenvolvimento de carreira ou quais destas competências precisam ser trabalhadas.

No que diz respeito à adequação candidato/vaga, a Grafologia verifica se o indivíduo apresenta as competências comportamentais para ocupar o cargo em questão.

Desta forma, a ferramenta proporciona resultados comprovadamente satisfatórios, garantindo a fidedignidade de informações sobre o avaliando.

Dentre os motivos que levam as empresas a se utilizarem desta ferramenta, percebo que se destacam a agilidade que é oferecida para o processo seletivo e/ou de desenvolvimento, a segurança na tomada de decisão, além do turn over comprovadamente reduzido.

Podemos destacar também o uso da Grafologia em alguns campos de atuação, como: Desenvolvimento Profissional, Orientação Profissional/Educacional, Diagnóstico Médico, Falsificações e Grafoterapia.

0 interações

Deixe seu comentário

Quer compartilhar suas ideias?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *