Anti-crise! Choque motivacional…

A palestra teve como objetivo provocar reflexões sobre a necessidade de mudança e adaptação aos novos tempos.

Auditório/Amil

Auditório/Amil

A crise é uma chance de despertar!

O novo consumidor, a tecnologia, a nova atmosfera de consumo induzem as organizações mexerem em suas metas, objetivos e planos estratégicos.

O mundo volátil, instável, complexo e ambíguo carece de pessoas e profissionais mais ousados, criativos, desprovidos de preconceito e polivalentes. A sensibilidade para as oportunidades que são geradas através de livros, filmes, experiências cotidianas e laborais que alavancam o espírito empreendedor fundamental para a sobrevivência no século XXI.

A inteligência relacional e a inteligência técnica são complementares, nunca excludentes, porém, aqueles que não conseguirem trabalhar suas atitudes de forma mais positiva e com maior alinhamento às pessoas, terá dificuldades de desenvolver uma vida mais promissora.

O Brasil viveu um período econômico melhor até 2014, em seguida viveu um 2015 terrível e um 2016 de total desespero para muitas organizações que por medo do que fosse acontecer, dispensou 12 milhões de empregados que foram obrigados a repensar sua forma de vida, trabalho, emprego e consumo.

O aprendizado é pela dor!

O ano de 2017 será de ajustes e 2018 a economia retomará seus investimentos com um brasileiro mais atento, preparado e empreendedor.

Para o reaquecimento dos negócios é fundamental uma dose de otimismo

Mauricio Werner

Maurício WernerAutor do livro publicado pela editora Qualitymark, “Enquanto uns choram, outros vendem lenço”, Maurício Werner apresentou casos de empresas de sucesso e empreendedores que atentos à toda mudança, atropelaram a crise e oportunamente fizeram crescer os resultados.

Conteúdo apresentado no Fórum: PPT

0 interações

Deixe seu comentário

Quer compartilhar suas ideias?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *