Perfil

É com muito prazer que encerramos o ano de 2009 com o perfil de um amigo, parceiro e admirador do RHDebates.

Nascido na cidade de Pirapozinho em São Paulo, mas “carioca” há doze anos, Adoniro é graduado em administração com especialização em RH pela Universidade Estácio de Sá e pós-graduado em Pedagogia Empresarial, Gestão de Projetos e Didática para Docência do Ensino Superior pela Universidade Candido Mendes.

“Estou na área de RH desde 1976, quando fui sócio da Independência Empreiteira de obras públicas em São Paulo, atuava em recrutamento, seleção, treinamento e gestão de pessoas. De 1981 a 1987, fui responsável pelo Centro de Convenções do Centro Empresarial de São Paulo CENESP da Sanbra/Santista, Grupo Bungue, especializado em convenções, congressos nacionais e internacionais, treinamento e desenvolvimento de gestores. De 1987 a 1990 criei e dirigi a ABS Arte em Vídeo, vídeoprodutora especializada em vídeos em treinamentos, quando abracei definitivamente o RH com foco em treinamento e desenvolvimento, me especializando desde 1992 em treinamento vivencial ao ar livre, na direção da TREVIVE Consultoria (www.trevive.com.br).”

Um Livro de cabeceira: Eu sei o que você está pensando de Lillian Glass, voltado ao estudo do comportamento humano. Um livro espiritual, a Bíblia.

Um filme: A vida é Bela

Um esporte: Natação

Você possui algum hobby? Qual? Desde a infância, tocar violão, cantar e dançar.

Um lugar no mundo: Qualquer lugar perto de quem amo.

Uma qualidade: Empatia

Um defeito: Não saber dizer não.

A maior invenção do homem: A roda

Filosofia de vida: Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.

Como entrou no mercado? Por vontade, oportunidade, inspiração e paixão.

Inspiração profissional: Peter F. Drucker

Se pudesse atuar em outra área, qual seria? Educação infantil, pois acredito que, aprendemos muito quando estamos receptivos como as crianças.

O pior inimigo no trabalho: É achar que o trabalho é castigo.

Uma frase: Charles Chaplin “…Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha, e não nos deixa só, porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós. Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso.”

Um funcionário satisfeito é aquele que recebe “feedback”, tem acesso ao conhecimento, reconhecimento e liberdade de expressão, pois assim tem a oportunidade para o autoconhecimento e espaço para o desenvolvimento.